Dicas familia_

Published on novembro 20th, 2011 | by Rafael Eugean

0

TRÂNSITO MAIS SEGURO : TODOS SÃO RESPONSÁVE​IS

                Às 5a feiras, o almoço na casa de Rafael era sagrado. Reuniam-se o pai Rafael, a mãe Zulmira e os 4 filhos Samuel,26, Paulo,23, Sandro.21 e Patrícia,19. Era uma família realizada onde reinava a harmonia e o companheirismo. A 5ª feira de que estou falando é uma depois do feriadão. Rafael sempre teve o hábito de dialogar com os filhos e nesta 5ª feira tratou-se de um assunto novo para eles, em termos de diálogo, mas muito antigo para a sociedade. O assunto era o trânsito.

               Depois do almoço foram para a sala de estar onde se sentaram e Rafael perguntou: qual é o assunto de hoje? Alguém tem uma sugestão? Como ninguém se manifestou, Rafael perguntou: vocês acompanharam pelo noticiário as fatalidades ocorridas nas estradas durante este feriadão? Recebeu como resposta: sim, um número grande de vítimas feridas e mortas. Patrícia disse: todos aqui somos motoristas, mas pelo andar da carruagem o papai tem algo a comentar. Sim, tenho, confirmou Rafael. Todos vocês começaram a se movimentar sozinhos pelo ato de engatinhar e depois chegaram rapidamente ao andar. Qualquer pai ou mãe fica muito contente ao ver seu filho dando os primeiros passos. Depois começaram a andar de triciclo de plástico, depois a pedalar numa bicicleta pequena e foram ganhando força nas pernas. Mais tarde, a mamãe os levava na praça aqui perto onde andavam com uma bicicleta maior, de modo que a mobilidade com rodas é a ambição de qualquer criança. Olhem bem aqui, disse Rafael: todos vocês insistiram para aprender a dirigir o carro antes dos 18 anos, mas eu não abri a guarda para nenhum. Seguiram o caminho mais seguro do aprendizado. Desta forma aos 18 anos todos passaram por auto escola. E, felizmente, na primeira tentativa, passaram nos exames do Detran. Todos ficaram muito jubilosos ao mostrar-me a CNH, uma conquista importante. Rafael continuou: e então, estão praticando o que aprenderam na auto escola? Os filhos responderam que sim, mas que à princípio os ensinamentos eram importantes para passar nos exames do Detran e depois disso, nunca mais nos interessamos em saber mais alguma coisa. Trafegamos com nossos carros, procurando fazer o que é correto e errar pouco. Eu estou aposentado e com muito tempo para leitura, por isso vou lhes contar uma leitura que fiz na semana passada; estão prontos para ouvir? Perguntou Rafael. Os diálogos com o pai Rafael eram muito respeitados pelos filhos. Segundo os números do Detran, há uma faixa etária muito jovem que está perdendo a vida no trânsito: são pessoas entre 19 e 35 anos. Vocês já imaginaram como deve ficar a cabeça de pais em que um filho perde a vida no trânsito? Pessoas com plena saúde e qualidade de vida. Se acontecer por doença já é muito sofrido, imaginem então no trânsito. Pais e mães não admitem, não entendem e nem de longe cogitam que um filho seu cerre seus olhos antes deles. Pais e mães não aceitam que qualquer dos filhos feche os olhos antes deles, principalmente por serem sadios saudáveis e produtivos por causa de acidentes de trânsito. Os filhos escutam em silêncio e Rafael continua: eu sei que vocês são bons motoristas, mas não custa lembrar para respeitar as regras dos semáforos, dos cruzamentos, das ultrapassagens, das curvas e da velocidade, aliás, a velocidade excessiva é o portal das fatalidades; temam o mau tempo que deixa o pavimento liso e a visão prejudicada; acautelem-se nas rodovias ruins, sem acostamento e também nas rodovias boas, pois muitos a transformam em pista de corrida; nunca levem o ato de dirigir como brincadeira e esta recomendação que faço agora é uma ordem: se tomar alguma bebida alcoólica não dirija. Filhos queridos, vocês são muito importantes para mim e para sua mãe Zulmira; vocês são o nosso orgulho e a razão das nossas vidas. É o maior prazer e satisfação tê-los aqui juntinho a nós. E se não houver fiscalização, pouco importa, pois façam de vocês mesmos seus próprios fiscais. Filhos, mais uma vez, não cerrem os olhos antes de nós; é muito doloroso, Acompanhei um amigo que passou por esta situação, Foi quase insuportável. Ao final todos se abraçaram e agradeceram ao pai Rafael por este ensinamento. Rafael disse: vamos conversar mais sobre o trânsito e na próxima semana o Samuel fica encarregado de trazer outro assunto sobre o trânsito.
Palestras e trabalhos educativos Fone 9163 46 47 email: hunzicker.luizeduardo32@gmail.com

Tags: , , , , , , ,


Sobre o autor

Profissional de Tecnologia de Informação Formação em Analise e Desenvolvimento de Sistemas Proprietário de MEI - Ramo: Informática e Prestação de Serviços Sócio Cofundador Portal Negócios e Veículos Editor de Publicações Portal Negocios e Veiculos Consultor de Tendências e Ferramentas de Marketing Digital Perfil Empreendedor



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Connect with Facebook


Back to Top ↑